25/07/2017 10h28 - Atualizado em 25/07/2017 12h29

Chuva pode aumentar casos de acidentes com animais peçonhentos

Mudança no clima é um fator de alerta para a população, em relação ao comportamento de animais peçonhentos. A chegada das chuvas, como as que ocorreram ao longo da semana e deixou o solo encharcado, muda o habitat desses animais e pode ser uma situação propícia para o aumento de acidentes com cobras, escorpiões, aranhas e outros.

E o número de acidentes causados por animais peçonhentos tem aumentado no Espírito Santo, sendo que os casos envolvendo escorpiões são os que mais crescem e elevam a estatística.

Durante o ano de 2016, o Centro de Atendimento Toxicológico do Espírito Santo (Toxcen) registrou 4.523 casos de pessoas picadas por esse tipo de animal em todo Estado. No caso de pessoas picadas por escorpiões o aumento foi de 7,11%, passando de 2.562 em 2015 para 2.744 em 2016. Vale ressaltar que os acidentes por escorpião em crianças e idosos têm maior chance de evoluir com gravidade e merecem atenção redobrada.

Também há registros de acidentes que resultaram em morte. De acordo com dados do Toxcen, quatro pessoas que foram picadas por animais peçonhentos durante o ano de 2016 morreram, sendo duas mortes por picada de escorpião, uma por picada de serpente e uma por outro animal peçonhento não especificado.

Apesar da gravidade que a picada de um desses animais pode proporcionar, muitas pessoas que são vítimas não sabem onde buscar ajuda. De acordo com o coordenador do Toxcen, Nixon Sesse, nesses casos pode-se entrar em contato com o centro, pelo telefone 0800-283-9904, para receber as orientações sobre os primeiros socorros e qual o serviço de saúde procurar.

“O paciente com suspeita de intoxicação ou picada por animal peçonhento pode ser atendido em qualquer serviço de saúde. Depois da avaliação inicial serão definidos quais recursos necessários”, disse.

O Toxcen funciona em regime de plantão 24 horas e conta com uma equipe multidisciplinar formada por médicos, psicólogos, enfermeiro, farmacêutico, pessoal administrativo, além de plantonistas acadêmicos das áreas de medicina, enfermagem e farmácia, que se revezam em plantões, atendendo os pacientes e dando orientações.

Contatos Toxcen: 0800-283-9904 / 3636-7503 / 3636-7575.

 

AGENTE

Nº DE CASOS

%

Escorpiões

2.746

22,16

Serpentes

631

5,09

Aranhas

437

3,53

Outros

709

5,72

Animais peçonhentos / venenosos - total

4.523

36,50

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde
Jucilene Borges/Juliana Rodrigues/Juliana Machado/Isabel Pimentel/Luciana Almeida
E-mail: asscom@saude.es.gov.br
Tels.: (27) 3347-5642/3347-5643/99969-8271/99943-2776/99983-3246

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard